Conheço uma pessoa que tem um hobby muito peculiar, daqueles que, na hora de fazer uma análise a primeira vista, a gente só consegue inventar se formos muito criativos. Sabe quando você olha pro sapato da pessoa ou pro jeito dela se vestir, e tenta criar manias e gostos sem nem saber o nome dela? Então.

Essa pessoa gosta de sonhar. E acho que o simples fato de sonhar, às vezes já é o suficiente. Sempre que passamos em frente a um futuro prédio, daqueles com placas enormes falando a quantidade de dormitórios e metros quadrados, ela fica atenta para saber se vai ter visita com apartamento mobiliado. O hobby dela é visitar modelos de apartamentos mobiliados, só para ficar sonhando como seria se ela fosse morar ali.

Uma casa nova, móveis novos, tudo limpo e lindo… Como se fosse um recomeço de vida, tudo do zero, inclusive as mágoas. De certa forma acho isso bonito. Não que ela seja infeliz por não poder comprar nem se mudar de casa, mas ela sonha com outra vida e fica pensando em como tudo poderia ser diferente. Não tenho nem certeza se ela pensa isso tudo que estou falando, mas queria que ela soubesse que eu acho bonito. Sabe quando a gente sente vontade de escapar um pouquinho da realidade? É assim que ela escapa da dela.

Essa pessoa é muito próxima a mim, e quando ler esse texto vai sacar na hora que é sobre ela. Não teria problema nenhum em citar nomes, mas por não ser sobre mim vou preservar.

❤ Você conhece alguém com uma mania assim bonita? Compartilhe comigo nos comentários!

 
25
Compartilhe esse post:

25 comentários em “Sobre pessoas e suas manias bonitas”

  1. Gabi César

    12/03/2012 a 03:12:09

    Meus pais visitam apartamentos e casas desde que eu sou pequena! Tenho mania de arrumar as etiquetas das roupas das pessoas, hehehe.


  2. A Marie, personagem de Breaking Bad faz a msm coisa… Mas ela tb faz a Wynona e furta coisas das casas. Minha única mania nem tem nada d bonito, é bem besta, eu sempre coloco meus alarmes pra despertar em números impares e não múltiplos de 5. Pq dá azar acordar em minuto par. Hahhahha


  3. Babalin,
    sabe que a parte de furtar até que da pra entender? É como se você pegasse um objeto da vida nova que você imaginou em cada apartamento, e tivesse sempre um novo recomeço na sua própria casa, sei lá.

    Sobre a sua mania, engraçado… Eu tenho o contrário! Não gosto de número ímpar e amo o número 2, então geralmente coloco 6:22, 6:32… Sempre tem que ter um 2! hehehe


  4. eu estava aqui lendo esse seu post e do nada pensei: vc nunca pensou em fazer um livro? eu ia achar lindo ler um livro com esse tema, pequenas histórias inventadas para pessoas desconhecidas =)


  5. Eu não consigo entrar em um banheiro com a janela aberta de dia, de noite não tem problema. E sempre quando vou a um aeroporto tenho que entrar em todos banheiros e checar todos os boxs para ver se ninguém esqueceu alguma coisa para que eu possa devolver, rs.


  6. Eu tenho mania imaginar situações em lugares que eu gostaria de ir, diálogos com pessoas que eu queria muito falar enquanto eu estou sozinha. Nenhum deles aconteceu, mas é bem legal. Quando estou triste isso fica mais comum.


  7. Isabelle,
    taí outra mania que achei bonita. Imagino quantas vezes você fez isso depois daquele amor que você me contou <3


  8. hahah Sim, essas foram as mais frequentes nos últimos meses :’)


  9. Tenho a mesma mania da Isabelle, mas não gosto. Crio diálogos e situações desejadas, mas quando o encontro acontece, me desaponto por não ter sido do jeito imaginado. ):


  10. Tenho a mesma mania da Isabelle, mas não gosto. Crio diálogos e situações desejadas, mas quando o encontro acontece, me desaponto por não ter sido do jeito imaginado. }:


  11. Tenho mania de arrumar as coisas, as minhas e as dos outros(não qualquer pessoa), não é uma regra geral, normalmente pessoas próximas.Algumas pessoas me acham muito metódica. Tenho uma ordem pra fazer as coisas, como lavar a louça. Começo pelos copos, depois os talheres, potes,pratos,panelas…etc. Sou uma pessoa que gosta de planejar muito as coisas e me deixa absolutamente muito nervosa se eu não cumpro ou se por culpa de alguém não faço da maneira, hora, lugar que eu quero. São coisas pequenas no dia a dia que faço iguais sempre. Se eu deixar de fazer algo, não me atinge…só fico irritada se marco de fazer algo em tal horário e sei lá, meu namorado me atrasa. Ele já sabe que vou ficar doida da vida, mas logo acalmo e normalmente se estou em algum lugar parada, fico imaginando coisas, conversas, momentos, uma pena que não se realizem.


  12. Acho que se não fossem os sonhos, minha vida teria sido muito mais árdua! Sonhar para mim é como viver a realidade que eu gostaria de ter, realmente, é uma forma de escapar da realidade, essa é a maneira mais gostosa que eu tive para escapar dos dissabores que a vida me deu e me dá, e é muito gostoso sonhar com um jeito sempre feliz de terminar a história…


  13. O sonho só termina quando quando a fé deixa de existir. Porque dar as costar para a felicidade? Vivo intensamente cada minuto da vida e assim vou vivendo feliz até que ela chegue de verdade!!!


  14. converso com minha cachorra sempre que vou passear com ela aushauhsaush;
    mudo os móveis do meu quarto de lugar com frequencia,deixa-lo da mesma forma durante muito tempo me incomoda;
    e tenho mania de me imaginar no palco como se fosse a (o) vocalista das bandas que gosto,imagino ate os video clips que nunca foram feitos eueheuh


  15. Também tenho mania de imaginar situações, conversas e momentos. Principalmente durante o banho. Se brigo com alguém, imagino como seria um pedido de desculpas; imagino o que vou dizer pra um amigo que está triste ou o que quero que me digam quando eu estou triste. Me faz bem, ajuda a colocar as idéias no lugar. Mas é um pouco frustrante mesmo, quando as coisas não acontecem do jeito que planejo – o que acontece quase todas as vezes. Mas mania é mania e nunca vou conseguir parar de fazer isso, rs.


  16. A primeira coisa que veio na minha cabeça hoje foi você! Poderia ser estranho visto que não temos laço nenhum. Quer dizer, expressei meus sentimentos por aqui uma ou duas vezes. Prontamente você dedicou um tantinho do seu tempo em me “ouvir”. Obrigado. Ficou martelando na minha cabeça você dizendo algo como “ser feliz sem depender de ninguém” Queria que você soubesse que é um pedacinho do band aid do meu coração. Hoje é PRIMAVERA aqui.


  17. Amanda,
    você não sabe como alegrou meu dia escrevendo esse comentário. Não tô muito legal com umas coisas que andam dando errado na minha vida (nada sério, mas ninguém é de ferro) e daí parei pra ler seu comentário e saber que eu te ajudei com tão pouco… Essa é uma das coisas que me deixa mais feliz em ter o blog, sabe? Escrever, provocar sentimentos, ajudar, ler os comentários, ouvir histórias, ver que as situações que eu vivo e conto pra vocês, também são vividas por outras pessoas e a gente pode dividir essas experiências juntos. Mas saber, de um jeito tão bonito assim, que eu sou um pedacinho do bandaid do seu coração foi foda. Abri um sorriso grande aqui e significou muito pra mim. Obrigada e boa primavera!!!


  18. eu estava aqui lendo esse seu post e do nada pensei: vc nunca pensou em fazer um livro? eu ia achar lindo ler um livro com esse tema, pequenas histórias inventadas para pessoas desconhecidas =) [+1]


  19. Larsrock,
    ounnn, ia ser bonito, né? Quem sabe um dia :)


  20. Eu tenho basicamente essa mania de criar história pra pessoas desconhecidas, as vezes faço desenho delas, pra não esquecer da história. E gosto de presentear pessoas desconhecidas com origami.


  21. Amanda,
    tenho essa mesma “mania” do Origami. Já pensou em fazer um Instagram ou um Flickr com os desenhos que você faz das pessoas? Eu ia adorar ver!


  22. Eu nunca tinha pensando nisso, vou tirar fotos dos desenhos e vou criar um flickr e assim que estiver pronto vou te mandar sim. Obrigada pela ótima ideia! hahahahahahahaha


  23. Eu adorei o texto pelo fato de falar de hobbys bonitos, manias bonitas. Essa visão de mundo de olhar as pessoas e encontrar algo bonito nelas. Parabéns!

    Seguindo!


  24. Tenho essa mania quando já se tornou um hipótese pelo menos levemente considerável. Do tipo, “ah, estamos pensando em comprar tal casa/apartamento” aí já fico imaginando quem ficaria com que quarto, como eles seriam… como seria tudo lá. É gostoso ter isso desde que a gente não entre na piração da decepção por na maioria das vezes ser apenas uma hipótese.


  25. Eu sou assim :) E às vezes faço até sem perceber. E coisas que são “BATATA” pra essas coisas acontecerem é: deitar na cama ou sentar no canto da janela, no ônibus. É bom, sabe, você planeja sua vida, vive realmente num wonderland. E acredito na força no pensamento, então quem sabe um dia não consigo o que sonho ^^’



Deixe seu comentário