Em quase 28 anos de vida, isso nunca tinha me acontecido antes. E olha que eu já estou bem acostumada a tomar foras de caras nessa vida, heim?! Mas deixa eu contar a história desde o começo:

Nesse dia eu tive um encontro de Tinder com um cara que eu estava tentando marcar de sair há muito tempo, mas nunca dava. A gente já tinha passado tanto tempo conversando por Whatsapp que parecia que já nos conhecíamos. Ele insistiu para irmos em um pub nos Jardins e eu acabei indo, meio contra a minha vontade, porque lá é tudo muito caro. Mas ele disse que queria que nosso ~primeiro encontro~ fosse assim, achei bonitinho.

1˚ encontro da noite

Fomos no pub que ele escolheu e foi ótimo. Demos oi como se já nos conhecêssemos há anos e a conversa rolou super naturalmente. Falamos sobre viagens, cultura, mulheres, comportamento e todo esse choque cultural que a gente tem quando mora em um país diferente do nosso. Sim, ele era gringo. E talvez por isso fosse tão legal. Já comentei aqui que com brasileiros essa coisa toda de date não existe muito, né? E eu nem faço questão do cara ser cavalheiro e tal, mas acho legal ver um cara que está afim de você te tratar com o maior respeito. Aliás, isso deveria ser o mínimo a se pedir. Que um cara te trate com respeito. Mas bom… O primeiro date ia viajar com os amigos naquela mesma noite e tivemos que terminar a noite meio cedo, o que abriu espaço para um possível segundo date. Isso me leva ao:

2˚ encontro da noite

Estava no metrô voltando pra casa quando ele me diz que tava voltando de carro e poderia me pegar, já que era caminho pra ele. Era cedo, véspera de feriado, e eu pensei “por que não ir?”. Também tinha conhecido ele pelo Tinder mas esse era um pouco diferente. Eu já tinha visto ele na internet e tínhamos vários amigos em comum. Tenho uma amiga, inclusive, que quando contei que tava conversando com ele, me deu o conselho de ficar longe desse cara porque ele era um babaca – mas óbvio que não ouvi. Tinha algo nele que eu queria desvendar. Quase não conversávamos por mensagem porque, apesar dele sempre vir falar comigo, não tínhamos muitos assuntos em comum e, das vezes que conversamos um pouco, ele sempre foi meio nada a ver. Era claro que ele era daquele tipo de cara que tá acostumado a pegar várias meninas e não ta nem ai pra nenhuma, se pá nem conversar conseguia direito. E ele não fazia a menor questão de esconder isso. Mas eu também não estava preocupada porque a última coisa que iria querer era algo sério com ele.

Pois bem, nos encontramos. Ele era exatamente como eu imaginava: o estilo, a voz, o jeito de falar. Era até meio bizarro, mas a vontade de conhecer ele melhor continuava lá. Enquanto ele dirigia, colocava a mão na minha perna como se tivéssemos a maior intimidade pra isso, e isso me incomodou um pouco. Tirei a mão dele, fiz piada pra não deixar a situação pesada, mas ele insistia e isso foi bem escroto. Paramos o carro no prédio dele, eu acabei fazendo o que não queria, que era exatamente ir prum lugar perto da casa dele para “facilitar o abate”. Mas bom, somos os dois adultos e provavelmente sabemos o que queremos, certo? Se eu não tivesse afim de pegar o cara, não pegava e pronto.

O pub que fomos era bem legal e ficava a apenas uns três prédios do prédio dele. Isso torna a atitude dele de sair de lá andando e me deixar falando sozinha muito mais covarde, mas eu ainda vou chegar nessa parte. Pedimos um pint de Heineken cada um e a conversa tomou o tempo certinho para que nós dois terminássemos de beber. Falamos sobre o trabalho dele e sobre o tipo de humor que ele faz – que é algo 90% desinteressante pra mim – mas eu ouvi, dei risada. Não tava tão mal assim. Tentei inserir outros assuntos mas ele era sempre muito reticente e eu também não tinha tanta vontade de falar apenas de mim. As invasões de corpo continuavam, ele ficava pegando no meu braço e na minha mão de um jeito estranho. Era como se ele estivesse impaciente por estar conversando e quisesse logo partir pros finalmentes. O mais foda é lembrar que tinham momentos em que EU me sentia mal por estar me sentindo mal com aquilo, como se ele estivesse fazendo algo que eu devesse aceitar numa boa. E daí hoje eu penso em quantas vezes já não beijei um cara por ele estar pressionando muito, quantas vezes já não deixei eles irem “mais além” pra não ser a mina chata que “faz doce”. Tenho certeza que qualquer mulher que está lendo isso já esteve na mesma situação pelo menos uma vez na vida. E não: você não é a errada da história. Se você não está se sentindo a vontade, deve fazer o cara parar. E se ele insistir, é um puta de um babaca. Aliás, ele está bem perto de atravessar a linha tênue entre ser um cara insistente e um cara que abusa de mulheres. Mas não vou muito a fundo nesse assunto agora.

O que eu tô querendo dizer aqui, é que tem homem que não sabe pegar mulher, né? Eu tava 100% na dele, aberta a fazer várias coisas naquela noite, mas o mínimo que eu exijo é que o cara respeite meu espaço, saiba ler a minha linguagem corporal. Até quando você vai fazer sexo com uma mulher, não é assim “chega e já vai metendo”. Pô, tem que rolar umas preliminares, você tem que fazer ela sentir tesão por você. E esse cara parece que fazia o contrário, cada vez que ele me tocava me dava mais preguiça. Ele tinha um ar de superioridade e arrogância que eu não entendia muito de onde vinham porque ele não era foda. Acho que isso era uma das coisas que eu tava tentando desvendar e não conseguia. Daí acho que ele começou a ficar irritado porque eu estava sendo muito “difícil” – ou seja, não tava dando risadinhas quando ele passava a mão no meu corpo sem eu estar curtindo, não agia como uma menina passiva que deixava ele fazer tudo que quisesse – e começou a falar coisas do tipo: “Ai você é muito do contra, muito complicada.. Isso não era pra ser complicado, nos conhecemos no Tinder!”. O que será que ele quis dizer com isso, né? Que era preu ceder e abrir logo as pernas, porque aquilo tudo tava dando muito trabalho pra ele? Então eu resolvi falar a verdade, que tava me incomodando com ele me tocando daquele jeito e que as coisas não funcionavam assim. Falei também da arrogância dele e tudo que eu estava pensando. Em momento algum desrespeitei o cara, tava simplesmente jogando a real. Aliás, essa foi a minha última tentativa de fazer ele se abrir para que aquele gelo fosse quebrado e a gente finalmente se pegasse. E daí, sem mais nem menos, ele se levantou e foi embora.

Na hora foi meio surpresa porque nunca esperaria por isso, nem do cara mais escroto da face da terra. Afinal, que tipo de cara sai andando do bar e deixa a menina falando sozinha? Isso você não faz nem com o pior dos seres humanos. Daí, ainda meio sem entender o que aconteceu, eu comecei a pensar em coisas práticas do tipo: ok, aqui ta legal, será que eu fico e tento conhecer alguém legal? Será que tenho dinheiro pro taxi pra ir embora? Será que ainda tem ônibus passando? … Resolvi ir ao caixa pra pagar e perguntei para o casal da minha frente se eles queriam rachar um taxi até o metrô mais perto (que era do lado de casa). Eles disseram que não iriam pegar taxi. Sem hesitar, perguntei pro cara da frente deles e ele disse que também não ia pegar taxi, mas estava de carro e iria naquela direção. Aceitei a carona oferecida, já que ele parecia ser do bem, e acabei indo pra casa com um desconhecido. No final acabei me dando bem porque o cara era super querido e nem tentou nada comigo, foi um amor. Aliás, acho até que ganhei um novo amigo… E isso me leva a:

Moral da história

What goes around comes around. Ganhei uma nova história pra contar, um novo pub pra frequentar e um novo amigo (!). O babaca que me deixou falando sozinha no bar perdeu seu tempo tentando me comer sem sucesso e ainda perdeu o fato de poder me comer, que ele teria fácil fácil se soubesse ser um cara mais interessante.

What goes around comes around #quote. This will be my third tat.....the words not the set up.

 
28
Compartilhe esse post:

28 comentários em “O dia que um cara saiu andando e me deixou sozinha no bar”

  1. O cara era um idiota e possível abusador, fato. Mas eu me perdi na hora em que você tentou fazer ele se abrir (???) pra vocês se pegarem (????) chamando ele de arrogante, jogando “a real”.
    Tem pouca unanimidade no mundo do xaveco masculino, mas a garota deixar claro q acha q o cara é arrogante e ta forçando intimidade, é pretty much sinal de que o cara pode parar de tentar porque essa já era.


  2. Jordan,
    seria muito mais genuíno o cara parar de me invadir fisicamente e jogar a real também. Se ele se abrisse, falasse mais dele mesmo e me fizesse ver que, no fundo no fundo, ele era um cara legal, toda aquela merda de noite poderia ser esquecida e eu não me arrependeria de fazer qualquer coisa com ele. Mas eu já sabia que não ia rolar. Não tava esperando uma reação tão diferente vindo dele mesmo…


  3. Pô Renata,
    Mancada do cara, muitos caras acham que Tinder é sinônimo de sexo fácil e simples. E qualquer interação que você tiver com a pessoa significa que vai rolar.

    Mas pelo menos você ganhou um pub novo e uma amizade.

    Thumbs UP


  4. Coitado do primeiro cara,foi descartado de uma maneira tão triste…


  5. Joaozinho,

    descartado??? Ele foi viajar com os amigos, não tinha como acontecer alguma coisa, rs. Ainda mencionei que vai rolar um segundo date :)

    Quero eu ser “descartada” assim, rs.


  6. Foi trocado numa mesma noite… como se não tivesse valor.


  7. E pensar que já fui todo interessado em você.


  8. Gente babaca não merece que a gente invista. Você sim tinha razão de sair andando — ele desrespeitou seu espaço pessoal.


  9. Perfeito esse post, pena que por um acontecimento negativo. Conheci um cara no tinder assim também, o que me fez desistir do app. Não me deixou falando sozinha, mas se tivesse não teria feito diferença.

    Cara, como você encontra tantas pessoas com quem consegue se relacionar sem neuras (eu acho né)? Acho que minhas atitudes acabam atraindo ou homens muito escrotos ou homens com mente fechada demais, que se chocam por qq coisa. Simplesmente não consigo me livrar ainda do “vou esperar pra dar pq se não vai me achar puta”, mesmo morrendo de vontade. Talvez seja por isso, os caras acabam forçando tanto, que acaba parecendo que vou fazer aquilo por eles, e aí tb já fica na cara que o cara é escroto. Muitos dão preguiça tb… por mais que dê vontade, as atitudes não convencem. Enfim, me identifiquei com tudo o que você escreveu!

    Bjs!


  10. Natália,

    não desista do Tinder! hahaha

    Conheci meu namorado lá… E o Tinder é só uma ferramenta pra conhecer gente. Depende da gente sair com pessoas babacas ou não.

    E eu acho sim que a gente atrai pessoas de acordo com o modo como pensamos / nos comportamos. Antigamente eu me apaixonava perdidamente por quase todos os caras que ei ficava, já imaginava minha vida toda com eles, me sentia mal se fazia sexo na mesma noite – enfim, todas essas besteiras. Daí fui morar fora e amadureci tanto que desde que voltei sou uma pessoa completamente diferente. Desde então só apareceu gente foda na minha vida. Eu atraí pessoas que pensavam como eu e fiquei 100% mais segura para não me afetar com caras babacas como esse do post. Por isso acho que foi uma experiência boa, apesar de ruim. Se não não teria motivos pra escrever esse post massa e estar aqui conversando com vc, né? ;)


  11. “Tenho uma amiga, inclusive, que quando contei que tava conversando com ele, me deu o conselho de ficar longe desse cara porque ele era um babaca – mas óbvio que não ouvi”

    Eu sempre falo para minhas amigas falarem algo desse gênero se alguma mulher perguntar sobre mim hahahha…. obrigado por ajudar a confirmar minha teoria :) a curioosidade é sempre mais forte


  12. Andre,

    na real minha curiosidade em sair com ele nem foi pelos comentários dessa amiga, já vinha de antes. O ar arrogante já aparecia mesmo que virtualmente, dava pra sentir que ele era um cara todo errado. Mas isso não foi exatamente o que me fez ter vontade de sair com ele.

    Cuidado que essa coisa de querer parecer garanhão escrotão pode acabar trabalhando contra você.

    Escolha sempre ser um cara bacana e honesto com as pessoas que passam pela sua vida. Você tem muito mais a ganhar! A não ser que vc queira mesmo passar pela vida das pessoas e deixar uma marca ruim. Mas daí vai de cada um, eu não vejo a menor vantagem nisso ;)

    Beijoca


  13. E no início vc nem gostava mto do Tinder rs


  14. Renata, se liga: o direito é dos dois . Se o cara é um babaca, e isso existe em várias versões, só consome papo furado quem quer. Outraa vez, dà um toque antes; não resolveu ? levanta e sai e pronto , e pode dar baixa porque carinha babaca é um produto bem atual. E como mulher está se aculturando mais depressa e pode encontrar novos horizontes ainda mais rápido, muuito cara só tem o pinto . Pinto muito, mas pode mandar ele enfiar emsi mesmo. Não fica dando tgrela pra coisa ruim.


  15. MACHISTINHA


  16. Linn Rodrigues

    30/04/2014 a 22:28:36

    Então, primeira vez que comento, mas acredite, quero comentar à séculos, mas a preguiça me atormentava haha
    Sério, não sei seu nome, mas já lhe admiro.Conheci teu blog ontem, e já li umas 50 postagens, eu acho hahahaha
    Bom, se tratando da situação, acho que foi melhor assim, pois, vamos combinar né, ele era bem escroto hueheueh.Você perdeu mais um babaca na sua vida e ganhou um amigo, olha que maravilha.É a vida lhe livrando de más coisas.
    Beijos e espero estar sempre por aqui (quando a preguiça deixar) <33


  17. não vale reclamar de um babaca arrogante que conheceu pelo tinder quem pega carona com qualquer estranho OI????


  18. Sérgio Leonardo Teixeira

    27/05/2014 a 23:50:36

    O grande problema com parte dos homens é a soberba, esse fato de achar que as mulheres são seres inferiores e estão para servi-los é algo deplorável. Embora esse fato tenha mudado com passar dos anos, mesmo que em passo de formiga. Hoje é comum o homem ter coragem de demostrar sensibilidade que também tem o seu lado feminino, e que corrabora na rotina incansável das mulheres. Embora ache que algumas mulheres fomentam esse lado grosseiro dos homens, rotulando o gosto para caras que tenham pegada. E há uma diferença muito grande do estúpido e do grande amante. Essa descoberta só acontece após experiências desagradáveis como a tua Renata. Abraços a todos, muito legal seu espaço.


  19. Que a verdade seja dita tu foi avisada que o cara era babaca e ele chegou meio que na cafajestagem mal feita pois cafa sabe ser agradável com a moça pelo menos ate conseguir agarrar ela no entanto vc ainda sabendo disso foi ate ele por isso que muitos dizem seja mal pois bonzinhos só se fodem, babacas exercem um fascínio estranho nas mulheres sabem que vai dar merda e mesmo assim insistem vc teve sorte de voltar p casa bem poderia ter dado a maior merda.


  20. O cara tem que ficar observando linguagem corporal agora pra adivinhar o que uma modernete pensa? Ora não fode…

    Isso deve ser feito sim quando ficam de doce e muito lenga lenga. Não falo estritamente nessa situação, que o cara demostrou o objetivo dele. Mas se você percebeu, por que não deu um fora logo e pronto?

    Aguentar mulher fazer cu doce a noite inteira é demais. Se não quer então não aceita sair, dá o perdido na internet bloqueia, etc… muito mais dígno e prático do que ficar em bar perdendo tempo enchendo o rabo de cerveja só pra ter assunto com as amigas.

    Modernetes mataram o romantismo.

    O cara que fez isso foi resultado do Feminismo e independência feminina bradada aos 4 cantos, depois que toma no cu vem querer bancar a moda antiga.

    Nessas horas são machistas.


  21. Dante,

    o pior de tudo é que eu queria pegar o cara. Não fiz doce nem fiquei de nhé nhé nhé a noite inteira, só perdi a vontade porque vi que ele era um escroto. Não saio com as pessoas só pra trepar. Isso pode ou não acontecer no final, como consequência. O fato é que quando fui sincera com o cara, abri que aquela situação toda tava bizarra e me incomodando, ele não aguentou e foi embora.

    O que há de errado nisso? Um cara não pode tratar uma mulher com mais respeito? (assim como eu estava tratando ele também?) A mulher não pode sair com um cara se não quiser dar pra ele? Sério, com seus argumentos fica até difícil de responder alguma coisa porque nem sei por onde começar. É muita ignorância.

    Não sei se você sabe mas “feminismo” luta pela igualdade de direitos entre os sexos, não pela superioridade do sexo feminino. Não é um machismo ao contrário, como muita gente pensa. Então, pense duas vezes antes de criticá-lo porque ele é bom tanto para mulheres, quanto para homens. Essa coisa de nhénhénhé e fazer doce, são escrotas. O feminismo defende que haja uma igualdade e ninguém precise ficar para trás. Então me “agredir” dizendo que sou modernete feminista não me atinge nenhum pouco porque isso, pra mim, não é um insulto. ;)


  22. Ana Carolina

    24/06/2014 a 21:47:06

    Rê ou Biscoitinho,
    É um prazer poder voltar aqui, nessa pagina, que eu lia enquanto viajava.. Tenho 15 anos, faltando alguns dias para os 16, e bateu um nostalgia total entrando aqui. O motivo: Em Janeiro eu estava embarcando no sonho da minha vida, literalmente. Eu e mais duas amigas fomos para Inglaterra e França. Foi pouco tempo longe, mas podemos dizer que vivemos a melhor experiencia de nossas vidas. Eu e minha mãe ficamos meses procurando blogs que nos ajudassem em tudo pra viagem, já que eu nunca havia viajado com ninguém e nem sozinha antes, até que achamos um vídeo seu do saco a vácuo, que também chamamos de ‘salvação’. Por isso, comecei a ler cada textinho teu, já que eu passei pela grande primeira decepção da minha vida. Por 4 anos eu fui uma ceguinha, e por mais ‘nova’ que eu seja, eu realmente posso dizer que eu amei. Definindo rápido o menino: Não estudava, não queria nd com nd, e não dava o tao esperado amor que eu queria. Fiquei com ele por 4 anos, porque? Nem eu sei.. Mentira, foi uma junção de coisas, inclusive: inocência. Seis meses antes da minha viagem, ele me ‘abandonou’ completamente depois de ter entregado um buque pra mim na minha festa de 15 anos. Mas 1 dia antes da viagem ele apareceu, e eu cheia de saudades, fiquei feliz com aquilo. No dia posterior então, ele apareceu no aeroporto…. e o que a gente planejou por 1 ano e meio aconteceu. Entretanto, uns dias antes da minha viagem, minha digníssima mãe postou um textinho aqui , e você respondeu tudo o que eu precisava: Que eu mudaria muito a minha cabeça depois dessa viagem. Mesmo sem saber, voce entendeu. Logo, venho te agradecer por esse aviso. Hoje, 5 meses depois da minha realização, eu aprendi a me amar. Olho la pra trás e venho o quão independente eu fui com 15 anos num país que eu estava meio perdida e vejo que nenhum garoto ( e nem ninguém ) pode me afastar de mim mesma. Demorei pra lhe enviar uma resposta pois estava tentando me conformar que eu estou completamente mudada pra-melhor-é-claro. Apareceram pessoas incríveis na minha vida, pessoas que me impulsionam, e até mesmo um menino super responsável/amigo/amoroso/carinhoso/e-td-q-eu-sonhei. Você não tem noção de quantas pessoas voce ajuda, e eu fui uma das sortudas. Desde já, te agradeço por isso….. E por deixar eu te conhecer através de suas palavras!!!! Beijos amorosos de alguém que jamais vai esquecer sua importância.
    Carol, RJ.


  23. Interessante…
    não sei se a dona daqui ainda aparece
    mas por algum motivo não consegui parar de ler os posts…as categorias…
    me identifiquei com suas idéias
    bendita internet!


  24. Fred,

    apareço sim! hahaha

    Na verdade, tenho mesmo que postar mais… Mas ando super sem tempo! De qualquer forma, não deixe de vir aqui pois vira e mexe eu reapareço! hahaha

    Fico feliz que tenha gostado!

    Beijoca


  25. Nossa fico Impressionada, como tem caras idiotas nesse Mundo, vc não perdeu nada ao contrario se livrou, caras assim não valem nem um pouco a pena, por isso é bom se valorizar e não fazer com qualquer tipo de cara, Quando um homem gosta de verdade de uma mulher jamais fará isso, esse é o típico cara que só quer comer e já era, mas esse foi ridículo demais em sair assim sem nem se preocupar se vc tinha como voltar pra casa, De Graças a Deus por esse encosto ter saído da sua vida, Um Homem quando gosta de verdade Jamais fará isso ele espera, eu sei disso pq meu ex sempre me tratou muito bem como uma princesa, O Importante é que sempre aprendemos com os nossos erros, esses babacas nos ensinam a crescer como pessoas e a diferenciar quem presta de quem não presta. Existem Homens que prestam sim eu já conheci um maravilhoso que me ensinou o que é ser homem de verdade, e mesmo se um dia não estiver mais com ele ele será alguém que eu vou guardar pra sempre na minha vida!


  26. Te confortaria dizer que o cara que eu estava saindo(pelo qual sou ainda apaixonada), me levou ao motel e ficou admirando a decoração o tempo todo e não fez nada comigo?

    De vez em quando me procura, mas só se eu for buscá-lo de carro e já insinuou que eu pagasse motel. É mole?

    Gosto dele, mas não saio nem ferrando…ainda amo a mim mesma mais do que ele.


  27. Rê, fico feliz de ver post novo seu, tava com saudades das tuas aventuras, sempre passo por aqui pra ver “como você está”. (:


  28. A minha história, foi bem pior com o tinder.Bem pior, fiquei com ele depois de tanto ele insistir na minha casa,simplesmente o cara disse que ia pegar cerveja e não voltou mais kkkkkkkkkk



Deixe seu comentário